Instituto Cidades Sustentáveis

O Instituto Cidades Sustentáveis atua para o desenvolvimento justo e sustentável das cidades no Brasil.

Com duas principais iniciativas, o Programa Cidades Sustentáveis e a Rede Nossa São Paulo, buscamos melhorar a qualidade de vidas das pessoas a partir do combate às desigualdades, da promoção dos direitos humanos, da participação social, da transparência e da defesa do meio ambiente.

Desde 2007 investindo esforços para melhorar a qualidade de vida das pessoas, alinhamos nossas ações às agendas globais de desenvolvimento sustentável, como os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), anunciados pela ONU em 2015. 

Em sintonia com esse processo de alargamento de horizontes, em 2019 deixamos de ser o Instituto São Paulo Sustentável para nos tornamos o Instituto Cidades Sustentáveis. O novo nome reflete o reposicionamento da organização e seu desejo de ampliar sua atuação nas cidades do país, estabelecendo pontes entre temas municipais, nacionais e globais.

A nossa identidade visual parte de um conjunto de pontos, que pode ser entendido como a base das cidades, conteúdo de nosso trabalho, ou ligações de uma rede, forma de nossa atuação. Unimos então cinco pontos, representando as cinco dimensões do desenvolvimento sustentável que, necessariamente, devem ser integradas: pessoas, planeta, prosperidade, paz e parcerias. As tênues diferenças entre as identidades são sua maior fortaleza: fazem parte todas de uma mesma ideia e um mesmo espírito de transformação rumo à cidade e sociedade que almejamos.

Acreditamos que as cidades são e serão o espaço de defesa e avanço de importantes temas para a sociedade e o país. E entendemos que esse é mais um passo que sinaliza nosso desejo permanente de aprendizagem e compreensão dos desafios e oportunidades para a construção de cidades mais democráticas, menos desiguais e que combatam a mudança do clima.

De acordo com o estatuto, o ICS tem por finalidades:

·         Mobilizar, sensibilizar e comprometer a sociedade e os governos locais para o desenvolvimento justo e sustentável das cidades, fundamentado pelo combate às desigualdades, pela promoção dos direitos humanos, pela participação social, bem como pelo respeito ao meio ambiente e pela transparência;

·         Estimular o comprometimento dos governos municipais e a participação da sociedade com a agenda de desenvolvimento sustentável, por meio da construção de programas e políticas públicas e do controle social de sua implementação;

·         Estimular a gestão pública e as organizações da sociedade civil a coletar dados e a criar indicadores e ferramentas para municiar ações de mobilização e criação de programas e políticas públicas que promovam o desenvolvimento sustentável nas cidades e a relação entre as agendas local e global;

·         Apoiar movimentos, iniciativas, projetos e programas que promovam o desenvolvimento sustentável, contemplando as dimensões política, econômica, social, ambiental e cultural nas cidades;

·         Estimular e promover a implementação da agenda do desenvolvimento sustentável no município de São Paulo como referência para outras cidades;

·         Promover a ética, a paz, a cidadania, os direitos humanos, a democracia e outros valores universais;

·         Realizar estudos e pesquisas que digam respeito às atividades supramencionadas;

·         Realizar e/ou apoiar diálogos, debates, palestras, conferências, seminários, feiras, congressos, encontros e eventos sobre desenvolvimento sustentável;

·         Articular diferentes segmentos da sociedade – governos, empresas, sociedade civil e academia, visando dar consistência e incorporar outras perspectivas na construção da agenda do desenvolvimento sustentável;

·         Integrar ações com outras entidades para potencializar ações conjuntas e evitar a replicação de esforços.